Lidando com perdas…

 

[tweetmeme]

“Eram 6h. Minha filha me acordou. Ela tinha três anos. Fez-me então a pergunta que eu nunca imaginara: “Papai, quando você morrer, você vai sentir saudades?”. Emudeci. Não sabia o que dizer. Ela entendeu e veio em meu socorro: “Não chore, que eu vou te abraçar…” Ela, menina de três anos, sabia que a morte é onde mora a saudade.”          Rubem Alves

Todo o ser humano, de tempos em tempos, é convocado a ter que lidar com diferentes tipos de perdas: a morte de uma pessoa amada, a perda de um emprego, o término de um relacionamento amoroso…

Para efeitos de facilitar este artigo, foco a análise dos processos psíquicos envolvidos ao se lidar com a morte de uma pessoa amada. Mas tenha em mente que em todas as perdas citadas anteriormente, se instaura um processo de luto, onde alguns aspectos temporários são comuns: Continuar lendo

Anúncios

Próximo workshop: Como são as suas relações amorosas?

O próximo evento aberto do Projeto Instigar será realizado na terça feira, dia 28/Julho às 20:00 hs em São Paulo.

As formas com as quais você estabelece vínculos com outras pessoas, dizem muito a seu respeito… Em especial nos relacionamentos amorosos – tanto os ligados ao parceiro amoroso, quanto a alguém que ame muito (ou, talvez, que odeie muito): filhos, pais, amigos, etc… Não somente estes, como também os vínculos construídos em todos os tipos de relacionamentos na vida: profissionais, atividades, etc.

Este workshop realiza uma reflexão psicanalítica sobre “formas de amar”, iniciando pelas formas idealizadas de amor romântico, visitando formas patológicas de amar e finalmente refletindo sobre a fragilidade dos laços humanos na atualidade. Convidando você a refletir, dentro deste contexto: Como você estabelece os seus vínculos amorosos?´

As vagas são limitadas, sendo necessário realizar inscrição com antecedência. Consulte aqui como realizar a sua inscrição.